Connect with us

Náutico

Náutico fica no empate com Imperatriz-MA e avança na Copa do Brasil

Foto: Léo Lemos CNC

Imperatriz-MA e Náutico entraram em campo na noite dessa terça-feira (12), no estádio Frei Epifânio, em busca de voos maiores na Copa do Brasil e também de olho na boa premiação que a competição proporciona.

O alvirrubro pernambucano saiu na frente, no final do primeiro tempo, com André Krobel cobrando falta e dando a vantagem mínima para a volta da segunda etapa. O Cavalo de Aço só conseguiu o empate, nos acréscimos do segundo tempo, numa penalidade inexistente, convertida por Daniel Barros.

O jogo

Na primeira etapa o jogo ficou marcado pela velocidade imposta pelo Imperatriz-MA, time da casa, que teve leve domínio no primeiro tempo, com maior posse de bola.

As equipes fizeram a primeira metada de jogo intensa, com muita disputa pela bola e controle do jogo. Aos 27 minutos, o atacante Jorge Henrique finalizou de longe e o goleiro Jean deu rebote, o atacante Wallace Pernambucano até fez o gol, mas o assistente, Alecsandro Lira do Nascimento, marcou impedimento.

Após quase marcar, o Náutico tomou um susto aos 43 minutos, quando Daniel Barros arrematou de fora da área e o goleiro Bruno fez boa defesa. Mas, logo depois, aos 45 minutos, o Náutico abriu o placar. Após falta em Robinho na entrada da grande área, o lateral direito alvirrubro, André Krobel, acertou o canto esquerdo do goleiro Jean, e fez um 1 a 0.

Na segunda etapa o Timbu voltou com o mesmo ímpeto e, aos oito minutos, o atacante Jorge Henrique invadiu a área e chutou cruzado para fora, após bom passe de Luiz Henrique. Já aos 15 minutos, o Imperatriz-MA voltou a incomodar, após cobrança de um escanteio. O goleiro Bruno saiu mal e Renan Dutra cabeceou para fora, desperdiçando boa chance de empatar.

Jogando fora de casa e enfrentando quase 8 mil torcedores no estádio, contra um adversário que vendia caro a derrota, o Náutico buscou manter a vantagem. Vencia até 47 minutos do segundo tempo, já que o árbitro marcou um pênalti constestado, cometido pelo zagueiro Sueliton e convertido por Daniel Barros: 1 a 1, porém não havia mais tempo e Náutico acabou garantindo a classificação.

Além de garantir a classificação para segunda fase da Copa Brasil, o Timbu faturou mais R$ 625 mil. A próxima partida do Náutico será contra o Flamengo de Arcoverde pelo Pernambucano, sábado (16), nos Aflitos, pela quinta rodada, 16h.

Ficha do jogo

Imperatriz/MA: Jean; Gabriel Paulino, Anderson Schmoeller, Renan Dutra e Renan Luis; Sousa Tibiri (Hugo Leonardo), Daniel Barros e João Neto (Gabriel); Kaká (Matheus), Júnior Chicão e Lucas Campos. Técnico: Ruy Scarpino

Náutico: Bruno; André Krobel (Wagninho), Sueliton, Diego Silva e Assis; Jiménez, Luiz Henrique e Lucas Paraíba; Jorge Henrique (Rhaldney), Robinho e Wallace Pernambucano (Tharcysio). Técnico: Márcio Goiano

Local: Frei Epifânio (Imperatriz/MA)
Árbitro: Ivan da Silva Guimarães Junior (AM). Assistentes: Uesclei Regison Pereira dos Santos e Alexsandro Lira De Alexandre (ambos do AM)
Gols: Krobel (46 1ºT) e Daniel Barros (47 2ºT)
Cartões amarelos: Kaká, Anderson, Renan Dutra, Gabriel (Imp); Sueliton, Bruno, Robinho, Krobel (Náu) Cartão vermelho: Sueliton (Náu)
Renda: 100.005,00
Público: 7.871 torcedores

Por Mateus Medeiros

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Veja Mais

Mais em Náutico