Connect with us

Náutico

Empate foi visto por Márcio Goiano como ‘ponto ganho’

Foto: Léo Lemos / CNC

O Náutico fez o seu segundo clássico na temporada, primeiro como mandante, depois da reabertura dos Aflitos. O placar de 2 a 2 com o Santa Cruz, neste sábado (9), pela Copa do Nordeste, só veio depois que o time do técnico Márcio Goiano conseguiu correr atrás, por duas vezes nos 90 minutos.

O treinador avaliou o resultado de forma natural, ressaltando os méritos do adversário, comandado por Leston Júnior, a quem o treinador alvirrubro elogiou.

“A gente sabia das dificuldades que teríamos, pois o técnico Leston Júnior monta bem suas equipes priorizando a transição ofensiva com velocidade. Os dois gols deles foram da mesma forma, mas nosso time teve forças para buscar o resultado. A equipe teve paciência, corremos atrás duas vezes, conseguimos o empate e já pensamos na Copa do Brasil. O jogo foi intenso, somamos um ponto, apesar de termos tentado a vitória, até o fim”, declarou.

Embora o empate não tenha sido o resultado que Márcio Goiano esperava, o Náutico corre contra o tempo, já que na terça-feira (12), estreia na Copa do Brasil, diante do Imperatriz-MA, fora de casa.

“A curto prazo, a gente tem que recuperar os atletas. Amanhã reavaliamos todos, teremos pouco tempo para treinar, posteriormente, viajamos para estarmos prontos e preparados para enfrentar um time que também está na Série C. Mas vamos com esse espírito decisivo para buscar a classificação”, finalizou Goiano.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Veja Mais

Mais em Náutico